top of page

Marcadores Cardíacos: Troponina I, CK-MB e NT-proBNP - Importância na Avaliação Cardiovascular


Os marcadores cardíacos são exames laboratoriais cruciais na avaliação de pacientes com suspeita ou diagnóstico de doenças cardiovasculares. Neste artigo, exploraremos três importantes marcadores cardíacos: troponina I, CK-MB e NT-proBNP, destacando as suas funções e relevância na prática clínica.


Troponina I: A troponina I é uma proteína cardíaca específica que é libertada na corrente sanguínea quando ocorre dano ou lesão nas células do músculo cardíaco. É considerada o marcador cardíaco mais sensível e específico para a detecção de um ataque cardíaco (infarto agudo do miocárdio). A detecção de troponina I elevada em um paciente com sintomas de dor torácica pode confirmar o diagnóstico de infarto agudo do miocárdio. Além disso, a troponina I também pode ser usada para avaliar a extensão e gravidade do dano cardíaco.


CK-MB: A creatinoquinase MB (CK-MB) é uma enzima presente principalmente no músculo cardíaco. Assim como a troponina I, a elevação dos níveis de CK-MB no sangue pode ser indicativa de um infarto agudo do miocárdio. No entanto, a CK-MB é menos específica para o coração em comparação com a troponina I, pois também pode ser elevada em outras condições, como lesões musculares.


NT-proBNP: O NT-proBNP (peptídeo natriurético tipo B) é uma hormona libertada pelas células cardíacas em resposta ao stress e à sobrecarga do coração, especialmente em condições como insuficiência cardíaca congestiva. A medição dos níveis de NT-proBNP no sangue é útil para auxiliar no diagnóstico e na monitorização da insuficiência cardíaca. Níveis elevados de NT-proBNP estão associados a uma disfunção cardíaca e podem ajudar os médicos a avaliar a gravidade da insuficiência cardíaca e guiar o tratamento adequado.


Estes marcadores cardíacos desempenham um papel essencial no diagnóstico precoce e no acompanhamento de pacientes com condições cardíacas. Quando usados em conjunto com outros exames e avaliações clínicas, os marcadores cardíacos podem fornecer informações valiosas para os médicos, permitindo um tratamento mais rápido e eficaz.


É importante ressaltar que a interpretação dos resultados desses marcadores requer conhecimento clínico adequado. Valores elevados podem indicar a presença de doença cardíaca, mas também podem ser influenciados por outras condições de saúde. Portanto, um médico qualificado deve ser consultado para uma avaliação completa e precisa.


Referências Bibliográficas:

  1. Jaffe AS, Babuin L, Apple FS. Biomarkers in Acute Cardiac Disease: The Present and the Future. J Am Coll Cardiol, 2006;48(1):1-11.

  2. Thygesen K, Alpert JS, Jaffe AS, et al. Fourth Universal Definition of Myocardial Infarction (2018). J Am Coll Cardiol, 2018;72(18):2231-2264.

  3. Maisel AS, Krishnaswamy P, Nowak RM, et al. Rapid Measurement of B-Type Natriuretic Peptide in the Emergency Diagnosis of Heart Failure. N Engl J Med, 2002;347(3):161-167.

474 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page